sábado, 21 de julho de 2018

NOVA ANDRADINA

Polícia pede prisão e procura mulher testemunha de assassinato

22 DEZ 2010Por DA REDAÇÃO13h:39

Durante investigações sobre o assassinato de André Ricardo de Souza, 33 anos, fato ocorrido no dia 3 deste mês, no Bairro São Vicente de Paula, em Nova Andradina (MS), a 1ª Delegacia de Polícia considerou como foragida uma das testemunhas do crime.

Segundo informações da Polícia Civil em seu site, o delegado responsável pelo caso pediu a prisão temporária de Joicy Kelly Soares, 25 anos, que foi determinada pelo juiz local. Ela trabalhava na Boate Campary, local onde ocorreu um desentendimento envolvendo André, que teria saído do local sem pagar pelas bebidas que consumiu. A poucos metros da boate, ele foi alvejado por um disparo de arma de fogo efetuado por dois indivíduos que estavam em uma motocicleta.

Logo após o crime, Joyce foi ouvida como testemunha, mas seu depoimento não convenceu a polícia e são fortes as suspeitas de que ela tenha participado diretamente no crime.

Fonte: Polícia Civil de MS

Leia Também