Polícia investiga morte de estudante em operação do Bope no Rio

Polícia investiga morte de estudante em operação do Bope no Rio
18/08/2012 17:17 - Terra


Um garoto de 15 anos morreu durante uma operação policial na comunidade do Arará, em Benfica, zona norte do Rio de Janeiro, na madrugada deste sábado. Segundo o Batalhão de Operações Especiais, os PMs encontraram o jovem ferido em uma viela e o levaram até o hospital ainda com vida.

O Hospital Geral de Bonsucesso, porém, informa que o garoto já chegou morto na unidade, por volta das 2h, contrariando a versão da polícia. Elizeu Santos Trigueiro da Silva levou dois tiros, um na testa e outro no peito. Ele cursava a 6ª série da Escola Municipal Cardeal Leme, em Benfica.

A Polícia Civil recolheu as armas dos policiais envolvidos na operação e abriu investigação para saber de onde vieram os tiros. A ocorrência foi registrada na 37ªDP (Ilha do Governador). Em nota, o Bope manifestou "pesar pela perda da família e reafirma sua confiança na polícia da pacificação para que casos como esse não voltem a ocorrer". O Batalhão também irá investigar o caso.

A incursão no Arará buscava os líderes do tráfico na comunidade. Um criminoso morreu e outro foi preso, informa a Polícia Militar. Foram apreendidas também duas pistolas, carregadores de fuzil, além de centenas de sacolés de maconha, cocaína e crack.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".