Segunda, 18 de Junho de 2018

Polícia investiga morte de biólogo francês no Pará

15 DEZ 2009Por 19h:30
     

        A polícia investiga a morte de um biólogo francês em uma reserva ambiental particular em Santo Antônio do Tauá, no Pará. O pesquisador Pierre Jauffret, de 72 anos, foi agredido com golpes na cabeça e chegou a ficar internado, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no domingo (13). Não há pistas dos agressores. Segundo a delegada Maria Amélia Delgado, testemunhas dizem que um ônibus fretado teria parado próximo à Reserva Particular do Patrimônio Natural Klagesi. Um grupo de turistas pretendia usar o local como banheiro, mas foi impedido pelo biólogo. Ainda segundo a polícia, testemunhas afirmam que o pesquisador disparou dois tiros contra os turistas, mas não houve feridos. O grupo teria, então, pulado o muro e perseguido o francês até o interior da residência, onde aconteceu o espancamento.

        Com informações do site G1

Leia Também