Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

Polícia investiga médico por negar atendimento a grávidas

6 JUL 2009Por 18h:20
     

        A polícia e o Conselho de Medicina do Rio de Janeiro apuram o caso de um médico acusado de negar atendimento a gestantes num hospital público, alegando falta de estrutura, e que teria escrito no braço delas indicações de clínicas que deveriam procurar.  A Polícia Civil do Rio abriu um inquérito nesta segunda-feira para apurar o caso e já começou a ouvir as gestantes que não conseguiram o atendimento no Hospital Miguel Couto. O médico, que não teve o nome revelado, é acusado de negar atendimento a pelo menos três grávidas que foram ao hospital, sob o argumento de que o local não tinha leitos disponíveis para receber as gestantes.

        Com informações do Estadão
        

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também