Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Polícia fecha sala de jogos na Capital

28 MAI 10 - 06h:33
A Delegacia Especializada de Ordem Política e Social (Deops) fechou, ontem pela manhã, uma sala de jogos que funcionava desde janeiro deste ano na Rua Antônio Maria Coelho, centro de Campo Grande. De acordo com o delegado Antônio Silvano Rodrigues Mota, no local foram apreendidas quatro máquinas caça-níqueis. O ponto de contravenção penal funcionava em uma sala nos fundos de um condomínio. A porta do local só era aberta para quem a responsável identificasse como jogador. Através de uma câmera instalada na porta de entrada, próxima a um vaso de planta, ela via quem chegava. “A câmera ficava escondida”, disse o delegado. Quando os policiais chegaram a responsável pela sala de jogos não abriu a porta, que teve de ser arrombada. Eles encontraram as quatro máquinas ligadas, mas sem nenhum jogador. Segundo Silvano, a mulher disse que os caça-níqueis pertencem a uma pessoa do Paraná. Declarou, ainda, que recebe R$ 200 por semana para “gerenciar” o ponto, que gerava R$ 4 mil ao mês. A mulher foi autuada pela contravenção penal de jogos de azar e liberada, mas tem o compromisso de comparecer à polícia e à Justiça sempre que solicitada. (NC)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Malafaia diz que atribuir vitória de Bolsonaro a Olavo é 'simplesmente ridículo'

BRASIL

Brasil e EUA assinam acordo que permite uso comercial de Alcântara

BRASIL

Witzel anuncia rompimento de contrato de concessão do Maracanã

PDV deve priorizar servidor com menos tempo de serviço
DEMISSÃO VOLUNTÁRIA

PDV deve priorizar servidor com menos tempo de serviço

Mais Lidas