Segunda, 18 de Dezembro de 2017

INVESTIGAÇÃO

Polícia esclarece furto de defensivos agrícolas

12 FEV 2014Por DA REDAÇÃO00h:00

Policiais do Núcleo de Investigação Criminal e Capturas – NICC da Polícia Civil de Vicentina (MS) elucidaram anteontem o furto de defensivos agrícolas de propriedade da empresa Central Energética de Vicentina - CEV. O fato o ocorreu na noite de domingo (08), às 21h, na zona rural do distrito de Três Irmãs, cerca de 25 km da cidade de Vicentina.

No local, os investigadores identificaram várias marcas de pneus de caminhonete e pegadas em um canavial.

Uma testemunha, que reside nas proximidades, informou aos policiais que na noite de domingo um tratorista esteve em sua casa e pediu ajuda para desatolar uma caminhonete próximo ao canavial e, com essa informação, os policiais conseguiram localizar o trator e outra caminhonete, esta de propriedade da Central Energética Vicentina, usados para desatolar o veículo utilizado para transportar a carga subtraída - 40 litros de veneno fungicida e herbicida.

Com base nas investigações, os policiais identificaram um tratorista da empresa vítima como o autor do furto. J.M.Q. (22) foi entrevistado e de início negou qualquer participação, mas diante das evidências confessou o furto e ainda informou que vendeu por R$ 350 para uma pessoa conhecida como E.S.C. (39).

O dinheiro da venda dos produtos agrícolas foi recuperado com J. que ainda afirmou que o comprador sabia da origem ilícita dos produtos, tanto que se adquiridos em lojas especializadas do ramo, custaria cerca de R$ 1.800.

O receptador foi localizado em uma propriedade rural próxima a Vicentina, na MS-147, e foi flagrado pelos investigadores conduzindo um trator acoplado em uma máquina de pulverização na lavoura de soja. Assim que percebeu os policiais, abandonou o veículo com a chave no contato e se embrenhou na plantação de soja. Foram feitas buscas pelo local, inclusive com o apoio da Polícia Militar de Vicentina e Fátima do Sul, mas E. não foi localizado.

Na residência de E.S.C. foram encontrados vários galões de defensivos agrícolas de diversas marcas, as procedências destes produtos estão sendo investigadas.

E.S.C. será indiciado pela pratica do crime de receptação.

J.M.Q. foi indiciado por furto qualificado pelo abuso de confiança, pois usou a caminhonete do próprio trabalho para cometer o delito e saber onde estavam armazenados os defensivos agrícolas.

Leia Também