segunda, 23 de julho de 2018

PRIMEIRO-MINISTRO ALVO

Polícia encontra bomba destinada a Sílvio Berlusconi em avião de carga

3 NOV 2010Por ESTADÃO00h:11

Um avião de carga procedente de Atenas e com destino a Roma aterrissou ontem, em caráter de emergência, no aeroporto de Bolonha, no norte da Itália, devido às suspeitas de que a bordo havia um pacote-bomba, obrigando o aeroporto a ser fechado por medida de segurança. O pacote, endereçado ao primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, foi encontrado pela polícia e pegou fogo quando os peritos foram abri-lo, já nesta quarta-feira (03). Segundo a imprensa italiana, o piloto se viu forçado a aterrissar a aeronave no aeroporto italiano depois de ter sido advertido pela companhia de transportes TNT, encarregada do envio, sobre a existência de um pacote suspeito a bordo destinado ao premiê.

Ontem, pequenas bombas explodiram nas embaixadas da Suíça e da Rússia em Atenas, e um conteúdo suspeito foi desativado na Chancelaria alemã, sede oficial da chefe de Governo, destinado, possivelmente, à chanceler Angela Merkel. A polícia acredita que os vários ataques sejam de autoria de um grupo de guerrilheiros, esquerdista, da Grécia. "A polícia encontrou o pacote destinado a Berlusconi e quando foi abri-lo, ele incendiou-se", afirmou um oficial de polícia grego.

Ele acrescentou que a substância explosiva ainda é desconhecida e está sendo verificada. A polícia suspeita que a tal substância seja similar à que havia no pacote enviado à chanceler alemã. A Grécia suspendeu todos as remessas de correspondência em voos internacionais por 48 horas após os ataques. As informações são da Dow Jones.



Leia Também