Quinta, 18 de Janeiro de 2018

Polícia diz ter localizado médico particular de Michael Jackson

27 JUN 2009Por 15h:15
     

 

A polícia de Los Angeles informou neste sábado (27) que conseguiu localizar o médico particular de Michael Jackson e confirmou um contato telefônico com o cardiologista, que se prontificou a ajudar nas investigações das causas da morte do astro pop.

O médico que, segundo a agência de notícias Associated Press é o cardiologista Conrad C. Murray, é considerado a principal testemunha do caso, já que estava com o cantor no momento em que ele entrou em parada cardiorespiratória.

Resultados da necrópsia, realizada nesta sexta-feira, não indicaram "traumas externos" ou "circustâncias suspeitas" (de crime) no corpo do cantor, que morreu na quinta após sofrer uma parada cardíaca em sua casa em Los Angeles.


        

De acordo com Craig Harvey, porta-voz do Instituto Médico Legal de Los Angeles, "levará de quatro a seis semanas" para "fechar o caso e definir uma causa final da morte". O prazo é o tempo necessário para que sejam colhidos resultados dos testes toxicológicos adicionais.


        

Com informações do G1

Leia Também