MINAS GERAIS

Polícia descarta buscas por Eliza em local descrito em carta

Polícia descarta buscas por Eliza em local descrito em carta
29/06/2012 14:11 - terra


A Polícia Civil de Minas Gerais descartou a possibilidade de fazer buscas pelos restos mortais de Eliza Samudio - ex-amante do goleiro Bruno, desaparecida desde junho de 2010 - no local indicado em uma carta anônima. A decisão foi confirmada nesta sexta-feira pelo delegado Wagner Pinto, do Departamento de Investigações de Minas Gerais. A correspondência com a suposta localização havia sido enviada para a mãe de Eliza, Sônia de Fátima Moura.

Na terça-feira, a delegada Alessandra Wilke, da Delegacia de Homicídios de Venda Nova, região norte de Belo Horizonte, chegou a confirmar que as buscas seriam feitas na região. Mas, de acordo com o delegado, que se pronunciou por meio da assessoria de imprensa da Polícia Civil, como o processo já tramita na Justiça, cabe ao juiz determinar esse tipo de procedimento a partir de agora. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".