Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Polícia Civil recua e delegadas voltam a atuar no caso Bruno

22 JUL 10 - 07h:24
 O Dia

Polícia Civil de Minas Gerais recuou do afastamento das delegadas Alessandra Wilke e Ana Maria Santos das investigações envolvendo o goleiro Bruno Fernandes, suspeito de participar do suposto assassinato de sua ex-amante Eliza Samudio. Nesta quarta-feira, a corporação informou que as duas continuam participando dos trabalhos – nos últimos dias acompanharam depoimentos.
De acordo com a assessoria de imprensa da polícia, o que mudou foi que Alessandra Wilke deixou de presidir o inquérito instaurado pela Delegacia de Homicídios de Contagem (MG). Na segunda-feira (19), a polícia havia informado do afastamento das duas delegadas do caso.
Na ocasião, o chefe da Polícia Civil, Marco Antonio Monteiro, informou que o delegado Edson Moreira passaria a presidir o inquérito, e que o afastamento visava “dar prioridade absoluta à apuração, restringindo o acesso a informações para resguardar o trabalho para conclusão do inquérito com agilidade, no menor tempo possível”.
A divulgação do afastamento ocorreu após a Corregedoria da polícia mineira anunciar que iria investigar o vazamento de um vídeo em que Bruno nega envolvimento no crime.
O vídeo, feito durante o voo em que Bruno e Luiz Henrique Romão, o Macarrão, eram transferidos do Rio para Belo Horizonte, foi divulgado pelo “Fantástico”, da TV Globo, no domingo. O avião pertence à polícia mineira, que suspeita que a “entrevista” com o goleiro tenha sido gravada por um agente da corporação. Wilke e Santos acompanharam os suspeitos no voo.

Chocado
No vídeo, Bruno diz que ficou chocado com as atitudes tomadas por Macarrão, seu amigo e braço direito, e afirma que não sabia o que havia acontecido com Eliza. Ele disse que se assustou quando viu o filho dela com o amigo, e perguntou o que estava havendo. Segundo ele, Macarrão teria dito que deu dinheiro para Eliza e que ela havia deixado o menino com ele e ido embora.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CASO DO TRIPLEX

PGR envia ao STJ parecer contra anulação da condenação de Lula

SAÚDE PÚBLICA

OMS declara emergência internacional por surto de ebola no Congo

Reviva tem 77% das obras <br>concluídas na 14 de Julho
CAMPO GRANDE

Reviva tem 77% das obras
concluídas na 14 de Julho

Mandetta lançará programa inédito em Campo Grande na segunda-feira
SAÚDE

Mandetta lançará programa inédito em Campo Grande

Mais Lidas