quarta, 18 de julho de 2018

FIM DE ANO

Polícia Civil orienta para cuidados em compras pela Internet

20 DEZ 2010Por NOTÍCIAS MS13h:05

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por intermédio da Polícia Civil, alerta para cuidados que devem ser tomados em operações de compras efetuadas pela internet. Com as festas de final de ano, algumas pessoas buscam fugir da correria das lojas e realizam suas compras por meio de sites de venda on-line.

A Polícia civil recomenda muito cuidado, e dá dicas para não perder dinheiro: o consumidor deve estar atento para algumas ofertas absurdas encontradas nos sites, preços muito baixos podem esconder perigo; deve-se evitar fazer compras em sites desconhecidos ou intermediários (que fazem o elo entre o consumidor e a loja) - o mais apropriado é que a compra seja feita diretamente no endereço virtual da loja; todas as lojas têm fatores de segurança que devem ser verificados, como qualificação dada por consumidores que já compraram no endereço e número de vendas já realizadas, dados que garantem a equidade da instituição comercial.

De acordo com a Polícia Civil, os sites seguros contam com o ícone de um cadeado no navegador, uma garantia de que o endereço é confiável para utilização. Outro cuidado essencial é a manutenção frequente do próprio computador - um antivírus atualizado também é fator de segurança nas operações feitas pela internet. A falta de um antivírus operando no computador pode abrir portas para que alguns programas espiões se instalem na máquina. Estes programas são instalados nos computadores por meio de vírus enviados por hackers, o software pode copiar as informações que constam no computador para uso destes espiões da rede. Para evitar os programas espiões, a orientação é que o usuário tenha cuidado com sites com conteúdo pornográfico, jogos ou e-mails desconhecidos, geralmente meios utilizados para o envio dos vírus.  


 O crime de estelionato é o mais comum registrado em casos de compra e venda de produtos pela internet. O consumidor que se sentir lesado em compras realizadas na rede devem registrar uma ocorrência notificando a ação para a polícia. O registro pode ser feito em qualquer delegacia ou através da Delegacia Virtual (Devir) ou a Delegacia do Consumidor (Decon). Para tirar dúvidas o consumidor pode ligar no 3318-7981 da Devir, o atendimento é 24 horas.

Leia Também