Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

Três Lagoas

Polícia Civil investiga morte de mulher encontrada semi-nua pelo filho

18 ABR 2011Por Ana Maria Barbosa17h:28

A Polícia Civil de Três Lagoas está investigando a causa da morte de uma mulher de 31, cujo corpo foi encontrado na tarde desta segunda-feira (18), na residência dela, no bairro Vila Piloto II, pelo filho adolescente de 15 anos.
 

Segundo a Polícia Militar, o adolescente acionou o 190 após encontrar M.R.S. caída de bruços e seminua sobre a cama. A informação da PM é de que havia um sangramento em seu nariz e algumas manchas roxas pelo corpo. De acordo com policiais do 2º DP, a perícia técnica removeu o corpo para o Instituto Médico Legal para analisar se a morte foi provocada ou de causa natural e somente o laudo vai apontar a causa.
 

A polícia ainda relatou que o adolescente contou que não estava morando com a mãe porque ela bebia muito e o havia posto para fora. Nesta segunda-feira, teria ido até a casa para fazer uma visita e tentar reatar o relacionamento. Ele teria chamado por M. que não atendeu. Após pular o muro da casa, que tinha o portão trancado, e entrar, encontrou a mãe caída e já sem vida.
 

Esta é a segunda morte da família, em seis meses. Em outubro, eles foram abalados pela morte de Hércules Roberto Shirahata, de 17 anos, outro filho de M, durante uma ação da Polícia Militar Ambiental do estado de São Paulo, nas proximidades da Usina de Jupiá. Na ocasião, o rapaz estaria pescando com amigos em local proibido e pulou no rio Paraná, assustado com uma abordagem da Ambiental.
 

Como ele não sabia nadar, acabou morrendo. Na época, testemunhas chegaram a dizer que houve negligência da PMA paulista, que não socorreu o rapaz. O corpo de Hércules só foi localizado três dias depois e as circunstâncias revoltaram os familiares e moradores do bairro Jupiá.
 

Leia Também