Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Polícia chinesa evita atentado contra Jogos Olímpicos

9 MAR 2008Por 14h:40
     

        Da redação

         A polícia chinesa capturou e matou supostos extremistas islâmicos que planejavam realizar atentados terroristas durante os Jogos Olímpicos de Pequim, disse uma alta autoridade do Partido Comunids Chines.

        O principal representante do partido na região de Xinjiang,  Wang Lequan, disse que os materiais apreendidos na ação policial de 27 de janeiro na cidade de Urumqi mostram que os conspiradores tinham o objetivo de "sabotar, especificamente, a realização das Olimpíadas de Pequim". "A meta deles era muito clara", disse Wang à imprensa. Ele não ofereceu evidências, e informes anteriores sobre a batida policial não mencionavam os jogos.

        Wang disse que o grupo atuava sob ordens da  liderança de uma organização separatista uighur, baseada no Paquistão e no Afeganistão e chamada Movimento Islâmico do Turquestão Oriental (Etim, na sigla em inglês). O grupo é classificado como terrorista tanto pela ONU quanto pelos EUA. Turquestão Oriental é outro nome para a província de Xinjiang. (com inmformações do site do Estadão)

Leia Também