Terça, 12 de Dezembro de 2017

Polícia apura sequestros-relâmpago em série na Marginal Tietê

11 JAN 2014Por Folhapress22h:00

 Cinco pessoas foram vítimas de sequestros-relâmpago na noite de ontem na Marginal Tietê, uma das vias mais movimentadas de São Paulo.

De acordo com a Secretaria de Estado da Segurança Pública, as vítimas foram um analista de sistemas de 37 anos, um bancário de 28 anos e um empresário comercial de 35 anos, que estava em seu carro com outras duas pessoas.

Eles tiveram carros e objetos pessoais roubados ontem, na zona oeste da capital.
O crime foi descoberto após policiais civis do 2º DP terem tomado conhecimento, por meio de uma empresa de monitoramento, que uma Tucson roubada tinha sido abandonada na rua da Várzea, na Barra Funda.

Quando chegaram ao local, descobriram também outros dois veículos roubados: uma Hillux pertencente ao empresário comercial e um Honda Civic que pertence ao bancário.

O primeiro a ser sequestrado foi o analista de sistemas, que, por volta de 17h30, foi abordado pelos criminosos ao parar o carro no acostamento da Marginal Tietê, na altura da ponte da Freguesia do Ó, para atender seu celular.

Duas horas depois foi a vez de o bancário ser abordado pelos criminosos quando estava na rua Cenno Sbrighi, na Água Branca.

Já o empresário, que estava em sua Hillux com outras duas pessoas, foi sequestrado por volta das 21h na rua Doutor Edgar Teotônio Santana, também na Água Branca.

As vitimas disseram ter sido rendidas por homens armados que as mantiveram em cárcere privado enquanto outros sacavam dinheiro com seus cartões de banco e senhas pessoais.
Mais tarde, foram deixadas em locais ermos. Os criminosos fugiram com veículos e objetos pessoais como cartões, documentos e celular.

A Polícia Civil investiga o caso. 

Leia Também