terça, 17 de julho de 2018

AQUIDAUANA

Polícia Ambiental prende grupo acusado participar de caça de jacarés

23 JAN 2011Por SILVIA TADA09h:46

Cinco pessoas foram presas pela Polícia Militar Ambiental acusadas de organizar e participar de caçadas em uma fazenda de Aquidauana, na tarde de ontem. No local havia cinco jacarés abatidos naquele dia, outros três mortos em dias anteriores, junto com a carcaça de uma capivara, uma queixada e ossadas diversas. Foram apreendidas armas e veículos utilizados pelo grupo.

Com mandado de busca e apreensão, os policiais foram até o local indicado em denúncia e prenderam Ugo Furlan, proprietário de fazenda (antiga Pousada Araraúnas), os moradores de Campo Grande Luiz Carlos de Oliveira, Givaldo dos Santos e Eder Alves Pinto e Edson Antônio Furlan Possari, de Adamantina (SP).

Os homens foram levados para a delegacia de Aquidauana e autuados em flagrante por porte e posse ilegal de arma, crime ambiental de caça e formação de quadrilha e bando armado. Cada um foi multado em R$ 2,5 mil pela caça dos animais silvestres, enquanto o proprietário da fazenda teve mais uma multa de R$ 50 mil.

Leia Também