Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

FISCALIZAÇÃO

Polícia Ambiental apreende produto químico da Bolívia

19 JUN 12 - 16h:55DA REDAÇÃO

Policiais Militares Ambientais do Grupamento de Buraco das Piranhas (MS), localizado na BR 262, realizavam fiscalização ontem (18) à noite em frente ao posto e abordaram um veículo Toyota, camionete, placas 2002 ASU – da Bolívia, onde estavam um empresário brasileiro, condutor do veículo e 03 bolivianos e encontraram 05 galões plásticos com capacidade de 20 litros cada um, onde havia um produto químico desconhecido.

O empresário, residente em Mirassol do Oeste (MT) afirmou que o produto químico seria nitrato de potássio, para usar como fertilizante agrícola, porém, não possuía nota fiscal, ou qualquer documento que comprovasse tratar-se do produto que afirmara ser. A PMA efetuou a apreensão do produto suspeito e do veículo e encaminhou, juntamente com os homens detidos, à Polícia Federal de Corumbá (MS), para avaliação do tipo de produto. Se o produto for nocivo, tóxico à saúde humana, ou ao ambiente, o proprietário responderá por crime ambiental. A pena prevista par ao crime é de 01 a 04 anos de reclusão, com base na lei 9.605/98.

A PMA também multou o proprietário do produto químico em R$ 7.200, baseado no Decreto 6.514/98, que pune com multa quem - Produzir, processar, embalar, importar, exportar, comercializar, fornecer, transportar, armazenar, guardar, ter em depósito ou usar produto ou substância tóxica, perigosa ou nociva à saúde humana ou ao meio ambiente, em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou em seus regulamentos.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

90 DIAS

PF pede prorrogação de inquérito que apura atentado contra Bolsonaro

CORINTHIANS

Carille admite que arriscou pouco e promete mudanças depois da Copa América

PREVIDÊNCIA

Porta-voz: governo sabe que enfrentará ainda fortes resistências à reforma

Após chuva, ônibus atola em rua não pavimentada no Cristo Redentor
ANO CHUVOSO

Após chuva, ônibus atola no Cristo Redentor

Mais Lidas