Domingo, 24 de Junho de 2018

Polícia ainda não tem pista de assassino de sindicalista

21 ABR 2009Por 09h:00
     

        Passados quatro dias do assassinato do secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Tucuruí (PA), Raimundo Nonato Silva, a Polícia Civil do Pará ainda não conseguiu identificar os dois homens que o balearam e fugiram em uma moto. Segundo a polícia, embora várias pessoas tenham testemunhado o crime, a identificação dos assassinos é dificultada pelo fato de eles não terem tirado os capacetes durante toda a ação. Outro fator prejudicial à apuração é a pouca iluminação no local onde Silva foi morto, na Avenida 7 de Setembro com a Rua Amazonas, na região central da cidade.

        Com informações do Estadão
        

         

Leia Também