Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Polícia afirma que suspeito de matar menina em Curitiba é ex-presidiário

9 NOV 2008Por 08h:48
     

Da redação

 

O suspeito de ter assassinado Rachel Genofre, de 9 anos, é um ex-presidiário de 52 anos, que cumpriu pena de 18 anos de prisão por homicídio e estupro, segundo informou neste sábado (8) a Polícia Civil de Curitiba.

 

 Foram acionadas para colaborar com as buscas as polícias de São Paulo e Santa Catarina. A polícia chegou ao suspeito por meio do local onde ele teria comprado a mala e de depoimentos de testemunhas que o viram circulando pela região.

 

O corpo da estudante foi encontrado dentro de uma mala na rodoviária de Curitiba na madrugada de quarta-feira (5). A Polícia Civil divulgou os números (41) 3363-0121 e (41) 3363-1518 para denúncias. 

 

Com informações do G1

Leia Também