Segunda, 22 de Janeiro de 2018

PODER ATRÁS DAS GRADES: Confira a lista dos acusados hoje na Operação Uragano

1 SET 2010Por 11h:08
     

        A Operação Uragano deflagrada hoje de manhã em Dourados expediu mandado de prisão para o prefeito de Dourados Ari Artuzi, sua mulher Maria Artuzi, o presidente da Câmara de Dourados, Sidlei Alves, o procurador geral do município, Alziro Moreno; a secretária de Administração Tatiane Cristina da Silva Moreno; a secretária de Finanças Ignez Boschetti; o secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Hall; o secretário de Obras, Dirson Sá e o vice-prefeito Carlinhos Cantor.

        Também foram detidos os vereadores Júnior Teixeira, Zezinho da Farmácia, José Carlos Cimatti, Tio Júlio, Gino Ferreira, Aurélio Bonatto, Marcelo Barros, Edvaldo Moreira (PDT), Humberto Teixeira Junior (PDT), José Carlos Cimatti Pereira (PSB), José Carlos de Souza, Júlio Luiz Artuzi (PRB), que é tio do prefeito Ari Artuzi (PDT), e Paulo Henrique Amos Ferreira, o Bambu (DEM).
        Na lista dos empresários estão Antônio Fernando Garcia (proprietário da Financial), Geraldo Alves de Assis (empresa Planacom), Carlos Gilberto Recalde.

        Foram expedidos mandados de prisão também para Marco Aurélio Areias (diretor do Hospital Evangélico), João Éder Krieger (controlador geral do município), Paulo Ferreira do Nascimento (assessor do prefeito), Sidinei Donizeti Lemes Heredias (Neme Sonorização), Tiago Vinícius (diretor do Departamento de Licitações), Eldon Olinski Farias (gestor de compras da Prefeitura), José Antônio Soares (Construtora MS) José Roberto Barcellos (ex-chefe do setor de licitações da Prefeitura).

Leia Também