Sábado, 20 de Janeiro de 2018

PMDB vai retaliar PSDB com representações no Conselho de Ética

30 JUL 2009Por 10h:00
     

         

         

A decisão do PMDB do Senado de partir para o contra-ataque e retaliar o PSDB com a apresentação de representações no Conselho de Ética contra senadores tucanos deixou a cúpula peemedebista na maior saia justa. Os principais dirigentes do partido, que são deputados - Michel Temer (SP), licenciado da presidência, e Iris Araújo (GO), no exercício da presidência - resistiam a entrar na guerra desencadeada no Senado entre o PMDB e o PSDB, que ontem protocolou três representações contra o presidente José Sarney.

        Mas, depois de ouvir Sarney e o líder do partido no Senado, Renan Calheiros (AL), a cúpula deu o aval para que a presidente Íris Araújo assine as representações contra os tucanos. A primeira delas deverá ser contra o líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio Neto (AM), e deverá ser protocolada na semana que vem.

Leia Também