sábado, 21 de julho de 2018

PMDB e PSDB prometem guerra de representações

30 JUL 2009Por 22h:34
     

        Da redação

         

A guerra de representações deflagrada entre o PSDB e o PMDB contra senadores de ambos os partidos ao Conselho de Ética do Senado não vai terminar tão cedo. A presidente em exercício do PMDB, deputada Íris Araújo (GO), e o líder do partido no Senado, Renan Calheiros (AL), anunciaram hoje formalmente que vão entrar com representação contra o líder do PSDB, Arthur Virgílio Neto (AM), no Conselho no início da próxima semana. A ideia é protocolar de três a quatro ações por falta de decoro contra o senador tucano.

Por sua vez, Virgílio estuda fazer uma nova representação, desta vez contra Renan Calheiros. O tucano avalia que o líder peemedebista feriu o decoro ao ameaçar que o denunciaria ao Conselho de Ética, caso o PSDB insistisse em pressionar pela saída de José Sarney (PMDB-AP) da presidência do Senado.

Leia Também