Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

eleições 2014

PMDB define em fevereiro plano eleitoral e alianças

6 JAN 14 - 00h:00DA REDAÇÃO

Fevereiro será o mês das definições de projetos eleitorais no PMDB e isto deve refletir nas negociações da composição de alianças até a convenção partidária de junho, mostra reportagem publicada hoje no jornal Correio do Estado.

O ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad Filho deixa o governo no fim deste mês para se dedicar exclusivamente à viabilidade de sua pré-candidatura a governador do Estado. Hoje, ele é o único nome do PMDB lançado para enfrentar o senador Delcídio do Amaral (PT) na sucessão estadual.

A reportagem de Adilson Trindade informa que a governadora em exercício Simone Tebet (PMDB) estaria hoje com a vaga assegurada do Senado na chapa. Isto sinaliza a concretização da aposentadoria do governador André Puccinelli (PMDB). Ele não pretende mais concorrer as eleições, mas não abandonará a política. “Agora é a vez da gurizada”, comentou André, referindo-se a Nelsinho e Simone.

Com a definição de Nelsinho para governador e Simone na disputa ao Senado, sobrou a vaga de vice-governador para partido aliado. A partir de fevereiro, no entanto, o PMDB estará procurando os partidos para discutirem a formação de aliança. A ideia é fechar o cerco para manter vazio o ônibus de Delcídio. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

OPINIÃO

Calos Lopes dos Santos: "Primeiro a educação, depois as leis"

Advogado

Felpuda

BRASIL

Após novo caso, Brasil perderá status de país livre do sarampo

BRASIL

Delegado da Baixada Fluminense atuará na 2ª fase do caso Marielle

Mais Lidas