Domingo, 21 de Janeiro de 2018

PMDB de MS deve ir a reboque da direção nacional da hora de definir aliados

14 MAR 2009Por 09h:26
     

 

O PMDB de Mato Grosso do Sul deve ir a reboque da direção nacional na hora de firmar as alianças partidárias para as eleições de 2010. A opinião é do prefeito Nelsinho Trad (PMDB), que prefere não arriscar palpite sobre se o partido vai ficar com o PT ou com o PSDB na disputa pela sucessão presidencial e estadual no ano que vem.

Ele adotou a neutralidade até mesmo para não ameaçar o bom relacionamento com o Governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e com os tucanos, que fazem parte da base aliada na administração da Prefeitura de Campo Grande.

Leia Também