segunda, 16 de julho de 2018

PMA multa proprietária rural em R$ 200 mil por erosões em fazenda

11 SET 2010Por 07h:15
     

         Polícia Militar Ambiental (PMA) de Bataguassu, durante fiscalização na região de Anaurilândia, autuaram uma mulher, de 45 anos, proprietária da Fazenda Santa Rita no município. Os policiais encontraram na propriedade vários processos erosivos provocando o assoreamento em áreas de nascentes do Rio Três Barras.

        De acordo com a polícia, os processos erosivos na fazenda teriam surgido devido a falta de conservação do solo, obrigatória pela legislação nas intervenções feitas para a produção em propriedades rurais.

        A PMA interditou a área para proteção e recuperação, proibindo as atividades agrícolas e pecuárias no local. A proprietária também foi autuada administrativamente, sendo multada em R$ 200.000,00, Além de ser notificada a apresentar projeto de recuperação de área degradada (PRAD) junto aos órgãos ambientais, no prazo máximo de 30 dias.

A Polícia Ambiental informa aos produtores rurais que a recuperação de áreas degradadas pode ser iniciada voluntariamente, desde que seja acompanhada por um responsável técnico e comunicada ao órgão de meio ambiente.

Leia Também