Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MEIO AMBIENTE

PMA inicia fiscalização com motocicletas

14 MAR 11 - 13h:46da redação

O Comando da Polícia Militar Ambiental recebeu quatro motocicletas e um reboque e montou um pelotão para trabalhos de fiscalização ambiental utilizando os veículos. Os policiais do pelotão de motos atuarão em apoio a guarnição de serviço da sede, realizando barreiras nas estradas vicinais de Campo Grande, atendimento de denúncias, bem como trabalhos de prevenção e repressão a crimes e infrações no perímetro urbano. Também serão executados trabalhos de fiscalização em peixarias, restaurantes, empresas de vendas de iscas, além das diversas atividades comerciais e industriais que necessitam de licenciamento ambiental, tais como: frigoríficos, curtumes, marcenarias, madeireiras etc.

O reboque para motocicletas será utilizado para deslocamentos do pelotão para áreas de outros municípios, como Ribas do Rio Pardo, Jaraguari, Terenos, Rochedo e Sidrolândia. Ainda, se outras Subunidades do interior solicitarem o policiamento em reforço às atividades, o pelotão será deslocado.

Uma motocicleta descaracterizada poderá ser utilizada em trabalhos de inteligência, visando orientar os trabalhos de campo, não só do pelotão de motos, mas também das guarnições de serviço da PMA. A vantagem deste tipo policiamento em motos é a rapidez nos deslocamentos e a economia proporcionada pela motocicleta.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BASQUETE

Brasil volta a vencer a China em amistoso antes do Mundial

Estreia na Copa do Mundo está marcada para 1º de setembro
NO TWITTER

Ministro critica Macron: 'calhorda' oportunista buscando apoio do lobby agrícola

Weintraub disse que os franceses estão enfrentando mesmas ameaças que brasileiros
SEM REPRESENTANTES

Brasileiros perdem e ficam fora das primeiras finais no Mundial de Judô

País ainda terá mais 16 atletas na competição em Tóquio
QUEIMADAS

Acre, Mato Grosso e Amazonas ganham apoio das Forças Armadas

Mais Lidas