Quinta, 21 de Junho de 2018

PMA autua homem acusado de queimar área

24 AGO 2010Por 10h:30
     

Os assentamentos rurais do município de Corumbá têm sido frequentemente fiscalizados pela Polícia Militar Ambiental do Estado. A ação é realizada desde o dia 17 de agosto e ontem (23), por volta das 13h15, os policiais ambientais autuaram um homem acusado de incendiar dois hectares de vegetação sem autorização ambiental.

A fiscalização aconteceu no Assentamento Tamarineiro II. Segundo o homem autuado, ele arrenda parte do lote para criação de gado e teria como objetivo a limpeza da área para futura pastagem dos animais. A PMA aplicou um auto administrativo e multa no valor de R$ 2 mil.

O acusado responderá por crime ambiental e, se condenado, poderá pegar pena de dois a quatro anos de reclusão.

As queimadas estão proibidas desde o dia 12 de julho de 2010 e a proibição se até 30 de setembro de 2010, devido ao período da estiagem, conforme prevê a Resolução Conjunta entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semac) e Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama).

Leia Também