Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ILEGAL

PMA apreende redes de pesca e soltam 40kg de peixes

PMA apreende redes de pesca e soltam 40kg de peixes
07/03/2014 12:15 - Da Redação


Policiais Militares Ambientais de Bataguassu (MS), apreenderam ontem (6) 41 redes de pesca com malhas 140 milímetros e 18 com malhas de 80 milímetros, medindo ao todo 3 km, durante uma fiscalização no lago da Usina Sérgio Motta, no Rio Paraná.

Depois da retirada dos petrechos, foram retirados e soltos no rio, 40 kg de peixes das espécies, piau, piapara, curimbatá, tilápia e piranha.

Os proprietários das redes não foram identificados. Neste ano, esta foi a primeira apreensão por Policiais Militares Ambientais, de redes no lago da Unisa Sérgio Motta.

No ano passado a PMA de Batayporã e Bataguassu, apreenderam quase 50 km de redes. A PMA continuará a fiscalização no local para evitar a pesca predatória e a depredação dos cardumes.

O uso de redes sem identificação ou com malha com tamanho inferior a 140 mm, por pescador profissional é crime. Para o pescador amador não há nenhuma possibilidade de uso de redes de pesca por lei, então seu uso também é crime. A pena para este crime é de um a três anos de detenção.  

Felpuda


Prefeitura de município do interior de MS recebeu recomendação do Ministério Público do Estado no sentido de exonerar servidores comissionados, livres do cartão de ponto, que são parentes de secretários da administração e de vereadores. O nepotismo se tornou um excelente “negócio” por lá, e se até o dia 6 de agosto as devidas providências não forem tomadas, medidas serão adotadas, como ação por improbidade administrativa. Tem gente que não aprende mesmo, né?