Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 17 de dezembro de 2018

VIOLÊNCIA

PM prende quadrilha que praticou assaltos em Campo Grande

3 ABR 2011Por Danúbia Burema e Fausto Brites10h:36

Foram presos quatro integrantes de uma quadrilha que praticaram sequestros relâmpago na madrugada deste domingo em Campo Grande. Os acusados, segundo a polícia, foram identificados como Felipe Douglas Ferreira, 19 anos, Dawinson Oliveira, 25 anos, Leandro Chiapinoto de Souza, 21, e um adolescente.

A polícia infomou que à 1h30min o quarteto assaltou um casal no Bairro Park Dallas que estava com o carro estacionado em frente à uma casa onde era realizada uma festa. Eles saíram no Corsa de uma das vítimas e foram para o Bairro Rita Vieira. O pneu do carro furou e eles pediram apoio a comparsas.

O casal foi amarrado e deixado em um matagal, juntamente com o veiculo. Dinheiro, celulares e outros pertences das vítimas foram levados pelos assaltantes

Os acusados, em seguida,  renderam um rapaz que estava em um Uno, no Jardim dos Estados, no momento em que descarregava aparelhos de som na casa do patrão. Os assaltantes circularam com o rapaz pela pela cidade e posteriormente o abandoram no Bairro Miguel Couto, também com o carro.

Prisão

Policiais militares faziam ronda pela cidade quando, em uma boca de fumo, o motorista de uma caminhonete saiu em alta velocidade ao perceber a aproximação.

Houve uma perseguição por pelo menos 10 quilòmetros e, na fuga, os policiais perceberam que os ocupantes do veículo jogavam objetos para fora.

No Anel Rodoviário o motorista foi obrigado a parar e os quatro ocupantes da caminhonete foram levados para a delegacia onde estava o casal que tinha sido assaltado horas antes. O rapaz e a moça reconheceram osmarginals, assim como a outra vítima - a do Uno - que também chegou para registrar Boletim de Ocorrência.

Os adultos foram indiciados por roubo, sequestro e cárcere privado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também