Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SEGURANÇA

PM monitora 'rolezinho' da Capital e garante repressão a crimes

15 JAN 14 - 14h:00TARYNE ZOTTINO

O Comando-Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul se manifestou hoje (15) sobre o “rolezinho”, movimento que começou no fim do ano passado, em shoppings de São Paulo, e está sendo organizado por jovens de Campo Grande, também no Facebook, para acontecer no dia 26 de janeiro, um domingo, às 16h20min, no Shopping Campo Grande

De acordo com o comandante-geral da PM em exercício, Guilherme Gonçalves, a Agência Central de Inteligência está acompanhando as publicações nas redes sociais e a PM está preparada para interferir caso haja violação da lei, atuará preventivamente para garantir a segurança. Ainda de acordo com a PM, repressão será imediata em caso de atos ilícitos. Roubos e furtos foram registrados nos 'rolezinhos' em São Paulo.

Até às 13h30min, 485 pessoas confirmaram participação no ato. A descrição do evento alega que o objeto é “expor as contradições hipócritas da elite [...] Contra a criminalização da pobreza! Racismo, não!”. Em nota, o Shopping Campo Grande afirmou que “toma todas as medidas preventivas para garantir a segurança e bem estar dos clientes, lojistas e colaboradores do Centro Comercial”. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

SELIC

Taxa básica de juros cai para 5,5% ao ano

Selic está no menor nível desde o início da série histórica
Campo Grande tem 71 radares em operação; Veja locais
FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA

Campo Grande tem 71 radares em operação; Veja locais

Justiça nega liminar a advogados envolvidos em fraude milionária do Fies
VENDA DE VAGAS

Justiça nega liminar a advogados envolvidos em fraude milionária do Fies

Pagamento de dívidas é principal destino para saque do FGTS
SAQUE DO FGTS

Sul-mato-grossense quer usar R$ 500 para reformas e viagens

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião