Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

PM é acusado de tentar matar a mulher com arma da corporação

15 MAI 2011Por DA REDAÇÃO15h:08

O policial militar Marcus Ramos Gonçalves, 36 anos, está sendo acusado pela sua mulher Mariza Farias, 37, de tentar assassiná-la, pela quarta vez, usando uma pistola .40 de uso da PM.  A denúncia consta em Boletim de Ocorrência registrada pela mulher às 13h30min de hoje.

De acordo com a vítima, tudo teve início às 2h deste domingo na  Rua Martinho Marques,34, Jardim Aero Rancho. Ela estava na festa de aniversário na casa de sua sobrinha quando o acusado começou a beber demais e discutir com ela.

Em seguida, Marcus chamou Mariza para conversar fora da casa quando, então, deu um soco na bica da vítima, dizendo que era para ela ficar quieta pois caso contrário ele a mataria e também o seu filho de cinco anos, A mulher chamou os familiares para socorrê-la.

Hoje às 9h30min, a vítima disse que foi de bicileta até sua residência para pegar algumas roupas e chegou à casa no momento em que o acusado também estacionava  o carro. Mariza pediu para que ele devolvesse o chip do celular e informou que iria registrar um Boletim de Ocorrência pela agressão sofrida na madrugada,

Segundo Mariza, Marcus abriu a porta do carro (um Fiat Uno de cor preta, quatro portas) pegou a pistola .40 que ela disse ser da carga da PM e fez um disparo.

A mulher fugiu de bicileta e, no Boletim de Ocorrência, disse que ela e o filho sofrem agressões constantes e que Marcus disse  que se um dia for preso "irá sair e se acertar" com ela.

Antecedentes

De acordo com informações da Polícia Civil, Marcus possui uma série de antecedentes como vias de fato, desobediência e resistência à abordagem. p´risão em flagrante em 2007 por dirigir embriagado, adulteração de sinal de identificação de veículo e ameaça,

Leia Também