Sábado, 17 de Fevereiro de 2018

PM detém acusado de ter assassinado jovem no Nova Lima

30 OUT 2008Por 13h:40
     

        Eliane Ferreira

         

        

Expedito Buke, 46 anos, que é acusado de ter assassinado Daniel Barbosa Pereira, 20, no dia 14 de agosto deste ano, no bairro Nova Lima, em Campo Grande, foi preso há pouco pelo serviço reservado do 9º Batalhão de Polícia Militar e pelo pelotão do Cophasul. Ele foi detido no bairro Monte Castelo.


        

Segundo a polícia, o monitoramento de Buke estava acontecendo desde o assassinato, já que algumas pessoas o teriam apontado como autor dos disparos. Ele é ex-policial militar e desde 2003 era foragido da Colônia Penal Agrícola de Campo Grande.


        

Daniel seguia para o trabalho em uma bicicleta quando foi morto com cinco tiros no peito, dois no maxilar e um atrás da orelha, segundo informações da polícia. A rixa entre vítima e autor teria ligação com outro assassinado, ocorrido há três anos.


        

Segundo a polícia, a vítima levou dois tiros no peito, dois no maxilar e um atrás da orelha. Um tio de Daniel (com a identidade preservada aqui), que presenciou o crime, disse que seu sobrinho seguia de bicicleta para o trabalho, quando foi cercado por duas motos, ocupadas, cada uma, por duas pessoas. Em uma delas, estaria o homem, conhecido como ?Bugue da Colúmbia?, apontado como o autor dos disparos.


        

Outro detido ? Os policiais também detiveram Claudemir Souza da Silva, no bairro Colúmbia. Ele estava na casa de Expedito Buke. Contra ele havia um mandado de prisão em aberto, por ter matado o próprio sogro.

Ainda não é possível afirmar se Claudemir tem participação na morte de Daniel.

 

 

Leia Também