Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

três lagoas

PM atropela criança, foge e causa confusão em UPA

26 FEV 14 - 13h:12TARYNE ZOTTINO

Um soldado da Polícia Militar, de 31 anos, foi preso ontem (25), em Três Lagoas (MS), acusado de atropelar uma criança, fugir sem prestar socorro e causar confusão em um posto de saúde do município. De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia foi acionada porque o homem estava muito nervoso, chutando cadeiras e promovendo desordem na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ele foi até lá com escoriações e um corte no pé esquerdo, dizendo que havia caído de sua moto. No entanto, o PM e a esposa, que o acompanhava, apresentaram informações desencontradas sobre o local da queda. Além disso, não revelaram onde estaria a motocicleta.

Mais tarde, a Polícia recebeu denúncia sobre uma motocicleta preta que teria atropelado uma criança, no Jardim Imperial. O condutor usava camisa vermelha, short preso e estava sem capacete. O comunicante também afirmou que a moto estava abandonada na Rua da Justiça, mas o veículo não foi encontrado. Na UPA, os policiais constataram que as roupas do acusado eram semelhantes à descrição.

O PM saiu da unidade de saúde e compareceu ao 2º Batalhão da Polícia Militar para entregar um atestado médico, acompanhado da esposa e da cunhada. Foi pedido para que aguardasse no local, mas ele fugiu. A guarnição solicitou a parada do veículo e o encaminhou de volta à delegacia. A mãe da vítima se deslocou até lá e o reconheceu como o autor do atropelamento. Ainda segundo o registro policial, o PM apresentava sinais de estar sob o efeito de entorpecentes e expôs várias outras versões para explicar os ferimentos.

O soldado foi levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) de Ponta Porã, onde o caso foi registrado como "conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão de influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência" e "lesão corporal culposa na direção de veículo automotor". 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Polícia prende funcionária de atacadista suspeita de desviar R$ 1,1 milhão
INTERIOR

Polícia prende funcionária de atacadista suspeita de desviar R$ 1,1 milhão

BRASIL

Mais três vítimas de incêndio em hospital do RJ têm alta

Muito esperada, chuva rápida aparece em algumas regiões da Capital
FINALMENTE

Esperada, chuva rápida aparece em Campo Grande

Coluna semanal com dicas <br>e novidades sobre automóveis
COLUNA CARMAIS

Coluna semanal com dicas e novidades sobre automóveis

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião