Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

POLÊMICA NO FUTEBOL

Platini critica arbitragem eletrônica

25 OUT 2010Por 17h:31

Após a International Board (IFAB) ter admitido iniciar discussões sobre o uso da tecnologia na arbitragem, o presidente da Uefa, Michel Platini, declarou novamente ser contra essa ideia. De acordo com o dirigente, isso transformaria o jogo em um "futebol de Playstation".

A IFAB pediu às empresas de tecnologia que apresentassem projetos, até o fim de novembro, para ajudar o apitador principal a avaliar se a bola passou ou não da linha de fundo. Em seguida, eles serão testados, e os resultados discutidos em uma reunião que será realizada entre os dias quatro e seis de março de 2011.

Para melhorar a arbitragem do futebol mundial, Platini prefere utilizar assistentes extras atrás do gol. "Na era moderna, quando você conta com 20 câmeras, um árbitro não é o suficiente. Não é justo. As câmeras podem ver tudo, mas os juízes têm apenas um par de olhos", explicou ao site da Associação Escocesa de Futebol.

Platini, que se tornou presidente da Uefa em 2006, aprovou a utilização dos auxiliares extras em jogos da Copa dos Campeões da Europa apenas nesta temporada. "É por isso que nos últimos dez anos eu tenho clamado por mudanças no trabalho dos árbitros. Eles vão errar e para ser um árbitro é necessário ser masoquista. O sistema é ruim e eu sei disso há quarenta anos. Quanto mais olhos ajudarem, melhores serão as chances de identificar os erros", completou.

 

Com Gazeta Press


 

Leia Também