ECONOMIA

Planos de saúde antigos reajustam-se em mais de 10%

Planos de saúde antigos reajustam-se em mais de 10%
01/08/2010 21:16 -


São Paulo

 A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) autorizou o reajuste de até 10,91% nos planos de saúde antigos, assinados antes da Lei 9.656/98, para cinco empresas que possuem termos de compromisso sobre cláusulas de reajuste. O percentual é válido para as seguradoras especializadas em saúde (Sul América, Bradesco Saúde e Itaúseg Saúde), sendo que, para as operadoras de medicina de grupo (Amil Assistência Médica Internacional e Golden Cross), o percentual máximo de reajuste é de 7,30%.
Os segurados atingidos somam mais de 585,1 mil pessoas e correspondem a 1,06% do total de clientes de plano de saúde no Brasil. De acordo com a ANS, o reajuste ocorrerá a partir de julho para contratos com aniversário entre junho deste ano e maio de 2011 para a operadora Amil.
Para as demais, o reajuste ocorrerá também a partir de julho, mas para os contratos com data de aniversário entre julho deste ano e junho de 2011.
Caso haja defasagem de dois meses entre a aplicação do reajuste e o mês de aniversário, será permitida cobrança retroativa a ser diluída pelo mesmo número de meses.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".