Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PCC

Plano de resgate tinha MS como <br> rota de fuga

Plano de resgate tinha MS como <br> rota de fuga
28/02/2014 00:00 - DA REDAÇÃO


Plano de resgate de Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, e de outros líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), da Penitenciária II de Presidente Venceslau (SP), incluía Mato Grosso do Sul como rota de fuga, conforme reportagem na edição de hoje (28) do jornal Correio do Estado. O plano, que previa o emprego de helicópteros e um avião, também abrangia a utilização de uma pista de pouso na cidade de Bataguassu, e seria executado em fevereiro.

O PCC, que nasceu de 1993, num presídio de Taubaté (SP) tem fortes ramificações nos presídios de Mato Grosso do Sul, de onde comanda, com uso irregular de celulares, a maioria dos crimes de roubo de veículos, tráfico de drogas e assassinato ocorridos em Campo Grande e no interior do Estado.

Segundo reportagem veiculada pelo SBT, um relatório secreto da inteligência da polícia e do Ministério Público de São Paulo revela que a facção criminosa tem um plano ousado de resgate do traficante Marcola, e de Cláudio Barbará da Silva, o Barbará; Luiz Eduardo de Barros, o Du Bela Vista; e Célio Marcelo da Silva, o Bin Laden. Eles estão em celas localizadas em um mesmo prédio da penitenciária. A matéria é assinada por Thiago Gomes.

Felpuda


Malfeitos que teriam sido praticados em tempos não tão remotos podem ser a pedra no caminho de pré-candidatura que está sendo costurada. As conversas ainda estão nas “ondas da rádio-peão”, mas, com a proximidade da campanha eleitoral, há quem diga que isso se tornará uma tremenda dor de cabeça para quem vai enfrentar as urnas. Pior:  o dito não seria culpado direto, mas sim a sua...  Bem, deixa rolar para ver onde vai parar.