Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Plano de qualificação para Bolsa-Família fica no papel

22 FEV 09 - 11h:28

        Da Redação

                 

Anunciado em agosto do ano passado, às vésperas das eleições municipais, o plano do governo para qualificar profissionalmente beneficiários do Bolsa-Família - e facilitar seu ingresso no mercado de trabalho - ainda não decolou. O pior para o governo, porém, é que os entraves na pista de decolagem aumentam. O mais visível deles? A mudança da conjuntura econômica - idealizado quando a economia efervescia, o plano de qualificação enfrenta agora um cenário desfavorável, de encolhimento do mercado de trabalho. Mas não é só. As autoridades foram surpreendidas também pelo desinteresse das pessoas convidadas para os cursos profissionalizantes.

 

No ano passado, o Ministério do Desenvolvimento Social selecionou 370 mil pessoas - com mais de 18 anos e a 4ª série do ensino fundamental concluída - e enviou-lhes uma cartinha. Nela apresentava o chamado Plano Setorial de Qualificação e as convidava a participar. O retorno foi fraco: só 5% mostraram interesse. Em números absolutos, foram 18.500 pessoas - muito aquém da proposta do governo de qualificar, só neste ano, 200 mil beneficiários, nos setores de construção civil e turismo.

 

Com informações da Agência Estado

                 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Homem estaciona para fazer ligação é e assaltado no Universitário
CAMPO GRANDE

Vítima estava vindo de MT para visitar a tia

Números revelam a liderança incontestável da TV aberta
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

Números revelam a liderança incontestável da TV aberta

Rapaz é espancado por sete pessoas na Capital
VIOLÊNCIA

Rapaz é espancado por sete pessoas na Capital

Calor está de volta mas há previsão de chuva nesta segunda em MS
TEMPO

Calor está de volta mas há previsão de chuva em MS

Mais Lidas