Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

Plano de investimento no Facebook supera expectativas e é interrompido

6 JAN 2011Por Veja19h:59

Os planos do grupo financeiro norte-americano Goldman Sachs de criar um programa de investimento indireto para o Facebook fizeram mais sucesso do que as duas companhias poderiam prever. Em apenas três dias, o interesse na aquisição de participações da rede social foi tão grande que o banco decidiu encerrar a busca por novos investidores, de acordo com informações do Wall Street Journal.

Segundo a publicação, fontes revelaram que o Goldman Sachs recebeu ofertas da ordem de bilhões de dólares - o valor mínimo para investimento era de 2 milhões de dólares por interessado. Ao ser anunciado, na segunda-feira, o plano esperava atrair 1,5 bilhão de dólares. Devido à grande demanda, a instituição deve entregar apenas uma percentagem das encomendas feitas pelos investidores.

O programa de investimento indireto, promovido pela Goldman Sachs, é uma tentativa de capitalizar a rede social e ao mesmo tempo fugir às regras da legislação americana, que exigem que empresas com 500 ou mais investidores passem a informar seus resultados financeiros. Isso obrigaria o Facebook a abrir seu capital na bolsa de valores e o colocaria sob tais normas. Não foi o interesse de Mark Zuckerberg, criador e controlador da rede, até o momento.

Crescimento certo - Em seis rodadas de investimentos realizadas durante 2010, o Facebook conseguiu levantar cerca de 1,3 bilhão de dólares em fundos. Assim, a empresa atingiu um valor global de 50 bilhões de dólares. O número impressiona. Estima-se que, em setembro de 2010, ela valia entre 23 bilhões e 33 bilhões de dólares.

Com o crescimento repentino, o Facebook passa a valer mais do que companhias como o grupo eBay, que atua principalmente na área de comércio eletrônico, Yahoo e Time Warner, do ramo de entretenimento. O novo investimento deve oferecer oportunidades para o desenvolvimento de novos produtos, bem como a contratação de profissionais de outras empresas.

Leia Também