Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

Campo Grande

Placar indicará dias sem acidentes com mortes na Capital

11 MAI 2011Por DA REDAÇÃO11h:43

Um placar indicará os dias sem acidentes de trânsito com vítimas fatais, em Campo Grande. Esta é uma das ações do projeto mundial “Década de ação pela segurança viária”, lançado oficialmente na manhã desta quarta-feira (11) na Cidade do Trânsito, no Parque das Nações Indígenas, nos altos da Afonso Pena. A princípio, o placar será instalado na sede de cada órgão integrante do Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito (GGIT).

De acordo com o diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Rudel Espíndola Trindade Júnior todas as ações realizadas visam coibir os números de acidentes graves ou fatais no trânsito de Campo Grande, seguindo a meta estabelecida pelo projeto global “Vida no Trânsito”. “A nossa meta é reduzir, anualmente, em seus por cento o número de acidentes graves ou com mortes e já estamos trabalhando para isso”, declarou.

Rudel detalhou que apesar de ainda ocupar lugar entre as 10 capitais brasileiras com maior número de mortes no trânsito, Campo Grande tem apresentado uma queda progressiva.

Para o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MS), Carlos Henrique Santos Pereira, a ocasião deste lançamento não poderia ser melhor, já que a Cidade do Trânsito tem recebido muitas visitas de escolas, mostrando grande interesse na educação para um trânsito melhor. “Desde o lançamento da Cidade do Trânsito, no último dia 29 de abril, mais de 10 mil crianças e adolescentes participaram de atividades lúdicas e educativas, além das explicações a profissionais ligados ao setor. Estes números já cumprem uma das metas do GGIT que é investir na educação, além de priorizarmos a fiscalização”, ressaltou Santos Pereira.

Educação com diversão

Os profissionais da Polícia Rodoviária Federal (PRF) têm um estande no local, onde explicam o trabalho da corporação e as ações cotidianas como o funcionamento de um bafômetro. O superintendente da PRF, Valter Favaro destacou a importância de conscientizar motoristas e pedestres e como este trabalho pode ser otimizado com o trabalho do GGIT. “Um dos principais objetivos do grupo é orientar a formação de novos condutores e isto já tem sido desenvolvido pela PRF em projetos como o “Transitando na escola” e o Fetran, criado pelo Detran de Mato Grosso”, explicou Favaro.

Lançamento Placar

Na ocasião do lançamento, também foi apresentado o placar que mostrará, diariamente, quantos dias a Capital do Estado não contabiliza mortes decorrentes de acidentes no trânsito. “O impacto de uma informação como esta é muito grande para a população, assim como as estrelas que identificam onde ocorreu uma morte por acidente. Queremos, posteriormente, ampliar a instalação de radares para locais com grande fluxo de pessoas, como shoppings, parques e região central da cidade”, adiantou Rudel informando que hoje (11) faz seis dias que não se contabiliza nenhuma morte por acidente em Campo Grande. 

Com informações da Prefeitura Municipal de Campo Grande

Leia Também