Pistorius se declara inocente em julgamento por morte da namorada

Pistorius se declara inocente em julgamento por morte da namorada
03/03/2014 20:00 - Folhapress


O campeão paraolímpico sul-africano Oscar Pistorius se declarou hoje inocente do assassinato de sua namorada Reeva Steenlamp em fevereiro de 2013, no início de seu julgamento em Pretória.

No começo do julgamento, que durará cerca de três semanas e que será transmitido pela televisão, o promotor Gerrie Nel acusou o atleta de "matar intencionalmente e ilicitamente" a namorada no Dia dos Namorados do ano passado.

Ao ser perguntado pela juíza Thokozile Massina como se considerava, Pistorius respondeu: "não culpado, senhora". Também disse não ser culpado de outras acusações contra ele, como posse e uso de armas ilegais.

Vestido com terno preto, gravata preta e camisa branca, Pistorius parecia nervoso ao entrar cabisbaixo na sala onde a audiência seria realizada. Aos 27 anos, corre o risco de ser condenado a 25 anos de prisão se for considerado culpado de assassinato.

Pistorius alcançou a fama ao se converter no primeiro atleta amputado nas duas pernas a competir em Jogos Olímpicos, em Londres, em 2012.

Menos de um ano depois, no dia 14 de fevereiro de 2013, às 3h locais, matou a namorada, Reeva Steenkamp, uma modelo de 29 anos bastante conhecida na África do Sul, em sua casa na periferia de Pretória, com quatro tiros disparados através da porta do banheiro.

O atleta argumenta que foi um acidente e explica que confundiu sua companheira com um ladrão escondido no banheiro. A promotoria considera, por sua vez, que se tratou de um assassinato premeditado. 

O julgamento deve dar lugar a uma batalha de especialistas, já que a família de Pistorius contratou os melhores advogados.

Na manhã de hoje, a imprensa sul-africana publicava declarações da mãe de Reeva, June Steenkamp: "Quero olhar Oscar nos olhos, e descobrir eu mesma a verdade do que fez com Reeva".

Centenas de jornalistas sul-africanos e estrangeiros estão presentes em Pretória para cobrir as audiências, que, em sua maior parte, podem ser transmitidas ao vivo por televisão e rádio. Para o processo foi criada inclusive uma rede especial. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".