Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Campeão

Pilotos da Indy homenageiam Ayrton Senna, morto há 17 anos

1 MAI 2011Por O Globo11h:12

Na data em que são lembrados os 17 anos da morte de Ayrton Senna, pilotos da Fórmula Indy - cuja etapa brasileira acontece neste domingo no circuito de rua do Anhembi - prestam homenagem ao ídolo. A irmã de Senna, Viviane, está no evento.

O piloto Vitor Meira fez um desenho especial em seu capacete em homenagem ao tricampeão mundial de Fórmula 1.

- Sempre fui fã do Ayrton, e tenho certeza de que ele também está no coração de grande parte dos pilotos aqui. Nós nunca esquecemos dele. Lembro muito bem do dia 1º de maio de 1994, quando infelizmente ele faleceu. É apenas uma maneira de dizer que ele ainda está em nossas lembranças. Eu o coloquei no meu capacete e queria fazer alguma coisa individualizada, por respeito ao que ele significou para mim - disse Meira.

O neozelandês Scott Dixon, que é bicampeão da Indy, também fez questão homenagear o brasileiro. O piloto da Penske foi ao cemitério onde o corpo de Senna está enterrado, no Morumbi.

- Eu dei uma passada para ver o túmulo do Senna. É um lugar calmo em uma cidade movimentada. Ele era uma lenda - escreveu Dixon em seu Twitter.

Já Helinho, que larga na sétima colocação na prova deste domingo, diz que seria memorável se pudesse vencer neste dia tão especial.

- Seria uma vitória muito importante, porque ele foi um herói não só para mim, mas para todo o Brasil. Vencer neste domingo seria memorável para mim, não só por vencer no Brasil, mas num dia que traz emoção a muitos brasileiros. E vou fazer todo o possível para conseguir - disse o esperançoso piloto.

Já a irmã do tricampeão agradeceu o carinho e disse que o maior legado deixado pelo irmão foi o amor pelo esporte, pela vida e pelo povo brasileiro.

Em 1º de maio de 1994, Senna disputava seu último Grande Prêmio na vida. O piloto morreu após bater na curva Tamburello do circuito de Ímola naquele dia.

- Eu acho que o carinho das pessoas, dos brasileiros, é tão inesquecível quanto o Ayrton foi. Só tenho a agradecer o carinho de todos, dos pilotos, do público. Ele, além de ter sido um campeão nas pistas, foi um grande homen. Era muito humilde. O amor que ele declarava ao País de fato encantava as pessoas. Esse foi o maior legado do Ayrton - disse Viviane Senna.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/esportes/mat/2011/05/01/pilotos-da-indy-homenageiam-ayrton-senna-morto-ha-17-anos-924357994.asp#ixzz1L76quFK9
© 1996 - 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.
 

Leia Também