Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Pilotos ainda ignoram registro de monotoneta

Pilotos ainda ignoram registro de monotoneta
11/08/2012 00:00 - LUCIA MOREL


Mesmo sob aparência de ser um meio de transporte mais fácil e menos perigoso, a circulação de ciclomotores e motonetas em Campo Grande precisa de registro obrigatório. Hoje são 348 veículos desse tipo resgistrados no Departamento Estadual de Trânsito (Detran), mas estima-se que a frota em circulação seja maior, devido a facilidade de se adquirir esse bem.

Esses veículos começaram a ser regularizados em julho de 2010, quando um convênio entre a Prefeitura e o Detran foi firmado. Pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a responsabilidade pelo registro e regularização dos ciclomotores é do Poder Municipal, mas é possível, pela lei, a atribuição dessa responsabilidade para o órgão estadual de trânsito mediante convênio.

No entanto, em outubro de 2011 o convênio foi encerrado e até maio deste ano não foi cobrada a regularização dos ciclomotores para que pudessem circular pelas ruas da cidade. Nesse período, não era exigida a documentação de registro desse veículo, mas a carteira de habilitação continuava sendo obrigatória.
 

Leia mais no jornal Correio do Estado

Felpuda


A tal estratégia de jogar informações nas redes sociais com objetivo de prejudicar adversários está começando a gerar reações. Uma dessas figurinhas vai ter de explicar, na Justiça, o por quê de postagem trazendo suspeitas pesadas contra cabeça coroada, que não gostou nadica de nada de ver o seu nome sendo usado como “bucha de canhão” para fins eleitoreiros. Vem chumbo grosso por aí! E sai debaixo!...