Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

explosão

Piloto da Capital morre 3 dias depois de acidente

13 DEZ 2010Por 05h:30

Morreu em Vitória (ES), na madrugada de ontem, João Vicente Guimarães Granha, de 40 anos. Ele, que era de Campo Grande, pilotava o avião bimotor prefixo PT-LEU que caiu por volta das 19h do último dia 9, em Bom Jesus do Galho (MG) e teve grande parte do corpo queimada após a explosão da aeronave. Outros três ocupantes do avião morreram logo após o acidente.

Com 15 anos de experiência, João Vicente atuou, durante muito tempo, com aviação agrícola, conforme relataram familiares. A causa provável da tragédia é o vazamento de combustível, apontam as investigações preliminares. O corpo será velado e sepultado no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Campo Grande.

O piloto viajava para a Legião da Boa Vontade (LBV), de Vitória para Brasília (DF), quando notou problemas na aeronave e tentou pouso de emergência em uma área de pasto. No entanto, o bimotor explodiu. Na mesma aeronave estavam a repórter Belkis Faria, de 35 anos, o fotógrafo Clayton Ferreira, de 25 anos, e o cinegrafista Rodrigo Mafra, de 26 anos. João e o diretor-executivo da LBV, Paulo Duarte Pereira, de 46 anos, foram socorridos com a maior parte do corpo queimada. (ST)

Leia Também