Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

Phelps entra para a história ao conquistar 19ª medalha olímpica

31 JUL 2012Por g120h:00

Ele escreveu pela segunda vez seu nome como um dos grandes atletas da história. Já era o dono do maior número de medalhas de ouro (14), mas, nesta terça-feira, superou as 18 medalhas conquistadas pela ex-ginasta russa Larissa Latynina, ganhadora de nove ouros, cinco pratas e quatro bronzes nos Jogos de Melbourne (1956), Roma (1960) e Tóquio (1964).

Ao entrar para a sua segunda final do dia em Londres, Michael Phelps fechou o revezamento 4x200m livre para a equipe dos Estados Unidos que fez o tempo de 6m59s70, chegando com folga em primeiro. Com isso, o nadador atingiu a marca histórica de 19 pódios olímpicos.

O americano já tinha igualado o recorde da russa um pouco antes, ao conquistar a prata nos 200m borboleta, prova em que o primeiro lugar escapou nos metros finais, quando foi superado pelo sul-africano Chad le Clos, mais rápido do que ele apenas cinco centésimos.

Acostumado a subir no pódio, Phelps foi econômico ao comemorar a marca atingida no revezamento, prova na qual a França ficou em segundo (com 7m02s77) e a Rússia terminou em terceiro (7m06s30).

- É minha primeira medalha de ouro aqui, então, estou muito feliz. Depois da prata nos 4x100m, queríamos acertar essa. Então, foi muito bom - disse o campeão olímpico, ao se referir à surpreendente derrota no domingo para os franceses.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também