Segunda, 18 de Dezembro de 2017

Mensalão

PGR é favorável à transferência de Valério

4 JAN 2014Por G108h:45

A Procuradoria-Geral da República, protocolou ontem (3) parecer favorável à transferência de Marcos Valério, condenado como operador do mensalão, da Penintenciária da Papuda, em Brasília, para o presídio Nelson Hungria, de segurança máxima, em Belo Horizonte. O pedido foi feito pela defesa de Valério e precisa ser autorizado pelo relator do processo e presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa.

Na última segunda (30), o ministro pediu parecer sobre o pedido ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Condenado a 40 anos de prisão, Valério se entregou à Polícia Federal no último dia 15 de novembro. Desde então, Barbosa já autorizou as transferências de outros sete condenados do mensalão que foram presos na Papuda.

Segundo o advogado Marcelo Leonardo, Valério decidiu reivindicar a transferência para atender a pedido da família, que mora na capital mineira. Segundo o advogado, a mãe de Valério, idosa, enfrenta dificuldades de locomoção para visitá-lo. Além disso, familiares também reclamam das despesas com passagens aéreas para Brasília.

No dia 9, a ex-presidente do Banco Rural Kátia Rabello e a ex-funcionária da agência SMP&B Simone Vasconcelos, foram levadas para o Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto, no bairro Horto, na Região Leste de Belo Horizonte.

Na última segunda (23), o ex-deputado Romeu Queiroz foi para a Penitenciária José Maria Alkimin, em Ribeirão das Neves (MG), e os ex-dirigentes do Banco Rural José Roberto Salgado e Vinicius Samarane, para o Nelson Hungria, em Contagem (MG).

Na sexta-feira (27), os ex-deputados Pedro Henry e Pedro Correa foram transferidos para Mato Grosso e Pernambuco, respectivamente.

Leia Também