sábado, 21 de julho de 2018

TRÁFICO

PF prende quatro pessoas com armamento pesado na Capital

5 DEZ 2010Por VIVIANNE NUNES11h:59

Policiais Federais prenderam quatro pessoas e aprenderam forte carregamento de armas estrangeiras e drogas no fim da tarde de ontem em um bairro de Campo Grande. O proprietário do lava jato Top Cara, no bairro Anahí, Jean Carlos Cardenas Bogado da Silva, 24 anos, é acusado de ser responsável pela negociação que trouxe ao Brasil armas estrangeiras através da Bolívia. Ele e outras três pessoas, entre elas sua esposa, foram detidos em flagrante. No lava jato foram localizados dois fuzis, uma carabina, carregadores, punhos de arma longa e muita munição, além de 2,8 quilos de cocaína.

Segundo informações divulgadas há pouco pela Polícia Federal, os agentes permaneceram de campana em frente ao estabelecimento e notram quando duas pessoas entraram no escritório, onde passaram toda a tarde. Por volta das 18h ps policiais federais adentraram ao local onde foi encontrado o armamento pesado e drogas. Ainda no local foram presos o maranhense Itamar Reis Dias, 40 anos, Eduardo Silva Tavares, 27 anos, de Brasília, Dircinéia Arruda dos Santos, 30 anos, esposa de Jean.

Eduardo e Itamar teriam vindo de Goiânia para buscar as armas e munições e que, para isso receberiam a quantia referente à R$ 5 mil.

Policiais estiveram na casa de Jean no bairro Santo Amaro onde foi encontrada e apreendida pequenaquantia de cocaína e materiais para a manipulação da droga como papelotes, pratos, colheres, balanças de precisão, material impregnado com a droga além de R$ 5 mil em dinheiro.

As investigações eram feitas há algum tempo pela Delegacia da PF especializada em repressão ao tráfico de armas (Delearm).

Leia Também