Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PF prende filho da governadora do RN durante operação

13 JUN 08 - 09h:55
     

 

 

Treze pessoas foram presas pela Polícia Federal nesta manhã, na Operação Hígia, contra suspeitos de fraude em licitações no Rio Grande do Norte. Entre os presos estão o filho da governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria, o empresário Lauro Maia; a diretora financeira da Secretaria Estadual de Saúde, Maria Eleonora Castim, mulher do secretario Estadual de Segurança e Defesa Social, Carlos Castim; e a procuradora do Estado Rosa Maria de Apresentação Figueiredo Caldas Câmara.

Doze pessoas foram presas em Natal e uma em João Pessoa, na Paraíba, onde também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão. No total, 42 apreensões foram cumpridas. Cerca de 190 policiais federais participaram da ação nos dois Estados.

 

A quadrilha investigada pela PF seria responsável por desvios de verba pública, por meio de fraude a licitações relacionadas a contratos de higienização hospitalar e locação de mão-de-obra. Os convênios estariam relacionados aos serviços do Sistema Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) e Farmácia Popular, da Secretaria Estadual de Saúde.

Segundo a PF, o grupo desviava verbas por meio de contratos mantidos pelas empresas investigadas com o poder público. Os contratos eram feitos mediante o pagamento de propina a servidores públicos, conforme as investigações.

 

Com informações do site Terra

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Alvos de ameaças, senadores contrários ao decreto de armas podem ter escolta

EDUCAÇÃO

Brasil perde liderança no ranking das melhores universidades da América Latina

BRASIL

Pesquisa mostra que 97% das mulheres já sofreram assédio em transporte

78 SETORES

Autorização para trabalho aos domingos e feriados será permanente

Mais Lidas