Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PF investiga "acordo" entre Camargo Corrêa e André Puccinelli

13 ABR 09 - 22h:47
 Karine Cortez

 

A Polícia Federal investiga "acordo" entre a empreiteira Camargo Corrêa e o governador de Mato Grosso do Sul André Puccinelli (PMDB). O envolvimento do governador em suposto esquema com a construtora foi descoberto em documentos, escritos em francês, apreendidos por agentes da Polícia Federal durante a operação Castelo de Areia. Nos mesmos documentos surgem doações ao deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) e ao senador Valdir Raupp (PMDB-RO). Mas, a Polícia Federal não dá detalhes sobre o conteúdo do material apreendido.

         

        Conforme notícia publicada pelo jornal Estado de São Paulo, o interesse dos federais era investigar supostos crimes financeiros e evasão de divisas, mas o foco acabou sendo as doações feitas pela Camargo Corrêa. Os agentes da Polícia Federal, apreenderam 42 planilhas, tabelas e listas relacionando siglas, instituições, obras, partidos e deputados que recebiam valores em reais e dólares. Em entrevista ao jornal Correio do Estado, André Puccinelli negou que tenha recebido da empreiteira, qualquer quantia em dinheiro.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CRISE

Sem acordo com oposição, Bolívia pode ter eleições por decreto

Mais de 36 mil jovens precisam se vacinar contra o sarampo em MS
CAMPANHA DE VACINAÇÃO

Mais de 36 mil jovens precisam se vacinar contra o sarampo em MS

TRIBUTÁRIA

Governo enviará ao Congresso proposta de reforma com imposto sobre consumo

Idosa de 84 anos é presa por dirigir bêbada e quase causar acidente
BR-163

Idosa de 84 anos é presa por dirigir bêbada e quase causar acidente

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião