Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

Fronteira

PF e bombeiros se mobilizam para encontrar corpo de cacique

2 JUL 2012Por Gabriel Maymone16h:15

Equipes da Polícia Federal (PF) e do Corpo de Bombeiros estão realizando buscas em uma área no município de Aral Moreira (MS), fronteira com Paraguai, na tentativa de localizar o corpo do cacique Nísio Gomes, desaparecido desde novembro do ano passado.

Segundo inquérito policial, Nísio foi assassinado durante confronto e possivelmente enterrado ou jogado em algum rio no interior do estado.

O advogado do empresário Aurelino Arce - acusado pelo desaparecimento ou morte do cacique, Maurício Raslan disse que os recentes desdobramentos no caso podem adiantar a solução do processo. “As busca pelo cacique foram reiniciadas, pois existem fortes indícios que ele esteja em território paraguaio escondido”, disse o advogado, ao revelar que ainda hoje viaja para São Paulo, onde pretende obter o deferimento do Habeas Corpus, que ainda não foi julgado pelo Tribunal Regional Federal (TRF).

Arce foi indiciado pela PF e está preso desde o dia 15 de junho em Campo Grande junto com oitro pessoas, todos acusados no envolvimento do sumiço de Nísio.

Com informações do Dourados Agora e Dourados News

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também