Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BONITO (MS)

PF divulga vídeo de apreensão de 262 quilos de pasta base

PF divulga vídeo de apreensão de 262 quilos de pasta base
30/03/2011 07:35 - Evelyn Souza


Vídeo divulgado pela Polícia Federal ao Portal Correio do Estado mostra a apreensão de 262 quilos de pasta base realizada ontem (29) em Bonito.

De acordo com a Polícia Federal, a droga foi trazida da Bolívia e a quadrilha era chefiada pelo traficante Vilson Antunes, de 48 anos. Além do líder outras sete pessoas foram presas em flagrante, sendo duas mulheres e seis homens.

Também foram apreendidos seis veículos, entre caminhonetes e carros de passeio.

Entre os detidos, estão mãe e filha, S.N.F. 47 anos e C.S.N., 29 anos, além de dois irmãos, V.A., 36 anos e W.A., 41 anos.  Além desses, ainda foram presos A.M.da S.C., 26 anos, R.A.B., 26 anos e J.de S., de 19 anos.

Segundo a PF, a cocaína era transportada, por avião, de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia e arremessada numa região entre os municípios de Porto Murtinho e Bonito/MS, onde era carregada, pela quadrilha, até uma chácara alugada por Vilson.  Lá a droga era enterrada ou escondida em veículos, que se dirigiam para os estados de São Paulo (SP), Paraná (PR), Santa Catarina (SC) e Rio Grande do Sul (RS).

No momento do flagrante, a maior parte da droga foi localizada escondida em um fundo falso de um caminhão, outra parte estava enterrada, acondicionada em tonéis e o restante escondida na mata.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, a quantidade de entorpecente apreendido seria suficiente para gerar mais de duas toneladas e meia de cocaína para consumo final.

 Os presos foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal de Ponta Porã (MS).

 

Felpuda


Acontecimentos policiais de grande repercussão deverão refletir seriamente na jornada de uns e de outros. Os cortes nos “tentáculos do polvo” os deixaram sem respaldo para enfrentar a maratona que há tempos participam, e com sucesso. Ao mesmo tempo que ficaram sem o aconchego financeiro, afastaram-se do abraço, até então muito amigo, preocupados com o ditado popular que afirma:  “Diga-me com quem andas e eu te direi quem és”.