Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Inédito

PF aponta que Filho de ex-ministra cobrava por lobby

28 JUL 12 - 08h:36Terra

Um relatório inédito da Polícia Federal mostra que Israel Guerra, filho da ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra, e Vinícius de Oliveira Castro, então assessor da pasta, operaram para ganhar dinheiro por meio de consultorias a empresários interessados em contratos com o governo. A constatação é resultado de uma investigação de quase dois anos que elenca 13 tópicos a serem apurados. No entanto, por considerar que houve falta de provas de tráfico de influência, o Ministério Público pediu e a Justiça Federal mandou neste mês arquivar o inquérito. A influência de Erenice não ficou comprovada.

Para chegar a essa conclusão, a polícia ouviu dezenas de depoimentos, analisou contratos entre diversas empresas e o governo e quebrou o sigilo telefônico, fiscal e bancário dos envolvidos. Substituta de Dilma Rousseff na Casa Civil, Erenice deixou o cargo em 2010 após o empresário Rubnei Quícoli declarar que Israel cobrou dinheiro para viabilizar empréstimo no BNDES. Não houve pagamento de Quícolo, mas a polícia identificou um caso em que Israel e Vinícius receberam R$ 40 mil e um cliente conseguiu patrocínio público. Apesar do MP ter arquivado o inquérito, a PF viu indícios de sonegação e lavagem de dinheiro e, por isso abriu um novo processo, do qual a ex-ministra não é alvo. Durante a investigação sobre tráfico de influência, a PF também apreendeu e-mails que mostram pedidos de Erenice para conseguir empregar no governo parentes seus ou pessoas ligadas a eles.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Mansueto: mesmo com reforma, governo não retomará investimentos por 3 ou 4 anos

Goleiro do Flu é flagrado em antidoping por suspeita de uso de cocaína
FUTEBOL 2019

Goleiro do Flu é flagrado em antidoping por suspeita de uso de cocaína

Hoje nós somos reféns da Santa Casa, diz vereador Lívio
Paralisação

Hoje nós somos reféns da Santa Casa, diz vereador Lívio

BRASIL

Brasil e Reino Unido vão ter cooperação em saúde pública

Mais Lidas